Adalberto Costa Júnior disse a João Lourenço ser necessário mais imparcialidade nos media do Estado

O presidente da UNITA esteve está sexta-feira reunido com o Presidente da República, o primeiro encontro entre os dois desde que
Adalberto Costa Júnior é líder do maior partido da oposição, tendo aproveitado para dizer a João Lourenço que a democracia angolana
precisa que os órgãos de comunicação social estatais sejam imparciais e deixem de censurar as actividades do seu partido.

1 de Abril 2022 às 14:41

Neste encontro, um dia depois de Costa Júnior ter sido nomeado para o Conselho da República, uma inerência constitucional enquanto presidente de
um partido com assento parlamentar,foi ainda abordada a questão do período do registo eleitoral que João Loureço prorrogou por sete dias desde
esta sexta, 1 de Abril.

“Nós queríamos que o processo do registo eleitoralfosse mais alargado e espero que nestes sete dias não continuemos a assistir às mesmas longas
filas” nos BUAPs, disse aos jornalistas Adalberto da Costa Júnior no final da audiência com João Lourenço.

Adalberto Costa Júnior, que nunca foirecebido pelo Chefe do Estado enquanto presidente do partido, disse ser positivo quando as instituições
dialogam, particularmente, numa altura em os partidos políticos se encontram numa fase de pré-campanha eleitoral com todos os desafios
inerentes.

“É um encontro que há muito os angolanos gostariam que fosse realizado e nós também. O diálogo tem que serregular e normal na vida política e
institucional, mas que no nosso caso infelizmente ainda não é assim”, lamentou.

Segundo o líder da UNITA, “as responsabilidades de quem lidera são acrescidas no sentido de transmitir normalidade nestas questões”.

Fonte: Novo Jornal