3 Passos fundamentais para o sucesso no ramo de resíduos sólidos.

Na temática dos resíduos sólidos , existem 3 passos fundamentais para alcançar o sucesso:

1- Identificar problemas e buscar soluções;

2- Transformar o seu sonho social e o seu sonho ambiental em um projecto lucrativo que incluirá factores económicos.

3- Quanto menor for o investimento mais, você vai ter pessoas interessadas em apostar nesse negócio, pois existem os investidores e os operadores neste campo, pois nem todo investidor querer operar.

Estando eu a reflectir sobre a problemática do lixo, decidi partilhar com vocês um pouco do que eu acho. Olhando para o ambiente que se vive em ANGOLA por causa da problemática do lixo, vi que o governo como o sector privado poderiam aproveitar para transformar os problemas ambientais em negócios lucrativos para gerar empregos para milhares de angolanos.

Podemos criar uma sociedade do bem, para gerar lucros e criar empregos e renda para o que se precisa e ainda assim respeitando o meio ambiente.

Precisamos olhar para o lixo não como um nojo, más sim como um negócio rentável e uma nova aposta para gerar empregos.

O lixo só causa problemas para quem não sabe como tratar dele, e para aqueles que não querem aprender a cuidar dele. Pois, grandes países desenvolvidos como no caso da Holanda, o lixo é uma oportunidade de enriquecimento de tal forma que eles compram o lixo de outros países.

É necessário fazer com que o governo aposte em empresas de reciclagem do lixo ou que deixe o sector privado fazê-lo. Desta maneira, passaríamos a não ter problemas com o lixo, mas sim soluções.

O lixo que é recolhido e depositado num aterro, é dinheiro que visivelmente se joga no lixo, sobretudo quando vemos que em grandes países como por exemplo o Brasil, o negócio de catador de lixo já sustentou várias famílias.

É necessário que ANGOLA acabe com a ideia na cabeça dos angolanos de que o lixo é coisa de pobres.

É importante ter atenção que o motivo de constituir uma empresa é de ganhar dinheiro sim, más sem esquecer que o principal objectivo é de resolver problemas. Pois, uma empresa de reciclagem de lixo pode ser uma solução para se gerar empregos, gerar lucros e acabar com a poluição do meio ambiente.

Uma empresa na área de resíduos tem que solucionar os resíduos que ela gera.

Eu passei a olhar para o lixo como um problema, mas também aprendi a observar que o lixo poderia ser uma fonte de oportunidade e servir para milhares de investidores angolanos fazerem muito dinheiro.

A área de resíduos pode ser vista por muitos com nojo, por efeito, nem todo mundo vai se interessar em apostar ou investir. Então é aconselhável reunir ideias antes de investir, mas também fazer estudo profundo do mercado para se identificar as diferentes potencialidades.

Investir em empresas de resíduos em ANGOLA não pode só ser visto como uma fonte de ganhar dinheiro, mas sim como uma solução para a preservação do meio ambiente.

Na revolução da consciência eu digo que é necessário matar o velho angolano e fazermos nascer um novo angolano dentro de nós, cada um tem que nascer de novo dentro de si, pois quando isso acontecer o governo fará a sua parte e o cidadão cuidará de cumprir a sua obrigação para com o governo.

Vamos olhar para os resíduos como a oportunidade de transformar o resíduo em algum produto de utilidade.

Pois é necessário perceber que os problemas ambientais criam uma demanda gigantesca tanto para o sector privado como para o sector público.

Se o governo não quer investir nisso, deixe ao menos que o sector privado invista a fim de começarmos o combate às grandes doenças que estão no meio dos angolanos a mais de 40 anos.

Sem mais assuntos subscrevo-me;
Ana Carina dos Santos Vieira.